Ser Gaúcho...

21/03/2012 23:47

Ser Gaúcho...


É amar as coisas do Rio Grande do Sul, sua terra, sua natureza, sua gente, os seus símbolos, a sua história, a sua tradição, em fim, a sua cultura.
Ser gaúcho é se orgulhar do seu passado, construindo o presente e planejando o futuro.
Ser gaúcho é lutar pela verdade, pelo correto, pelo certo, pelo justo e pelo honesto.
Ser gaúcho é não deixar crianças perambulando pelas ruas, “sem eira e sem beira”, não deixá-las fora da escola, não deixar faltar escolas! É lutar para que as crianças se intelectualizem se profissionalizem e se modernizem, sem perder os laços que as unem, como cidadãos desta terra.
Ser gaúcho é ter posicionamento, é ser cidadão, é medir responsabilidade, é se divertir no momento certo, é trabalhar, é ler e estudar, é ter conhecimento, é criticar para construir e aplaudir para incentivar.
Ser gaúcho é ser patriota e cima de tudo, ser Brasileiro!
“Conhecendo as minúcias da sua Cultura, você se torna um cidadão globalizado”.


O Ctg...

Na sociedade em que vivemos, poucos conhecem os verdadeiros objetivos, que estão inseridos nas atividades desenvolvidas dentro dos Centros de Tradição Gaúchas.
A maioria das pessoas, da nossa sociedade, pensa que os Centros de Tradições Gaúchas só existem para promover bailes e promover cavalgadas.
Resumo:“Ir ao CTG vestido a caráter, com a roupa tradicional gaúcha, ou é para dançar ou é para andar acavalo”. Pena que muitos alheios às atividades dos CTGs, pensam assim. Não é culpa dessas pessoas, pois faltam muita informação e conhecimento, do verdadeiro motivo e objetivo da existência dos Centros de Tradições Gaúchas, que estão espalhados pelas diversas regiões do mundo.
As entidades tradicionalistas estão inseridas em nossa comunidade, com o principal objetivo, manter vivo o primeiro fundamento da necessidade humana para se viver em ordem e em paz; os princípios e os valores da família.
No CTG reúnem-se os amigos, os avós, os tios, os pais e principalmente os jovens e as crianças, que no furo próximo, serão os adultos de nossa sociedade. Neste contato os jovens e as crianças, recebem através da vivencia com os adultos, os parâmetros de conduta e de valores de nossa comunidade, se tornando assim, um ser com espírito coletivo e com os princípios de cidadania.
As atividades desenvolvidas dentro dos CTGs são baseadas em estudos e pesquisas, para que se possa ter a maior fidelidade, em relação as origens e a historia da tradição gaúcha. Com isto, dando rumo a uma verdadeira identidade do povo gaúcho.
A necessidade de uma identidade faz se necessária, para que os indivíduos de uma sociedade possam se reconhecer e acreditar na força coletiva, para superar as dificuldades momentâneas que surgem durante a sua existência.


Jair Machado-Novo Hamburgo
Fonte: www.chasquepampeano.com.br

Voltar

CTG Tertúlia do Paraná 2016 - Todos os direitos reservados. Marechal Cândido Rondon - PR

Crie um site grátis

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!